top of page

Resultados da busca

70 itens encontrados para ""

  • Nota a respeito das obras de Roald Dahl

    Com sentimento de grande preocupação que, a equipe do Informativo Literário O Leitor, recebeu a notícia da decisão anunciada pela Puffin Books (Inglaterra) de modificar os originais das obras publicadas do escritor infantil Roald Dahl (1916-1990). Os curadores das obras deste escritor, afirmam que é preciso remover os conteúdos considerados agressivos e discriminatórios, algo que segundo eles, não correspondem aos esforços de inclusão de nosso tempo. A equipe deste informativo considera preocupante esta decisão por ser eivada de movimento ideológico político que não deveria tocar em obras originais, especialmente clássicos da literatura que fazem parte do Panteão literário mundial. Ainda consideramos esta decisão uma evidente afronta ao exercício livre do escritor que agora vê-se encurralado diante de possíveis pressões organizacionais e políticas, travando o próprio exercício da arte, que sempre elevou a cultura humana e que já produziu tantos tesouros a serem estudados como fontes originais, e não como falsificações convenientes ao tempo. Expressamo-nos por entender que, qualquer tipo de cerceamento e falsificação na literatura pode sempre levar-nos a um fim indesejado. E.OL.

  • Você conhece...?

    Estamos ainda em fevereiro e a equipe do informativo já está pensando no próximo número. E neste próximo uma uma coisa já é certa: Teremos resenha de uma das obras de Clarice Lispector, uma das maiores escritoras do Brasil. Aguarde e não perca!

  • O medievo destacado no informativo

    Olá, caro leitor. Hoje quero lembrar que na página 3 da 8ª edição do informativo literário "O Leitor", encontramos um artigo sobre a uma visão muito mais realista da educação medieval, segundo a fonte de onde se recolheu esta análise (Europeana). A mim, parece-me sensata a ideia de que precisamos destruir completamente a errônea imagem que por muitos anos se criou a cerca deste riquíssimo período que hoje chamamos de Idade Média. A humanidade hoje presencia o valor da potencialidade artística e intelectual deste período, pesando justamente a capacidade tecnológica que o tempo acompanhou. Ou seja, um mercador por mais bem sucedido que fosse, não dispunha de uma máquina de escrever. Por isso, aqui quero chamar a atenção para este artigo publicado nesta edição do informativo. Pois a cultura eleva-se também pela justiça e sensatez histórica com aquilo que fora menosprezado.

  • 1º número de 2023

    Amanhã, dia 14 de fevereiro será publicado o primeiro número do informativo literário "O Leitor", deste ano de 2023. Não percam!

  • Leia mais em 2023

    Olá, caro leitor. Parece que fica cada dia mais claro para uma grande maioria a necessidade de investirmos tempo na leitura. Mesmo com a ociosidade referente a este hábito, especialmente pelo mau uso das tecnologias modernas, é reconfortante saber que muitos jovens esforçam-se por adquirir maior cultura literária. Uma ajudinha sempre vem daquela famosa "lista de leitura" que podemos elencar para um novo ano, levando em consideração os temas de interesse, o tempo que poderemos dispor durante o dia e o objetivo que se deseja alcançar com este exercício. Vale muito a pena tentar! Boa leitura.

  • O 3º ano do Informativo

    Olá. O primeiro número do III ano do informativo literário será publicado em fevereiro. Aguardem.

  • 2023... tempus fugit

    Caros leitores. Começo desejando a todos um feliz e próspero ano novo. Apesar de minha pessoal ceticidade quanto à esta temporal e matemática mudança no calendário, confesso que a desculpe para ser propicia para um novo impulso, seja pessoal como profissional. De fato, acredito que podemos aproveitar este novo ano civil que se inicia para novos propósitos que enriqueçam nossa bagagem cultural e moral, e como não poderia de ser, desejaria que todos pudessem enumerar para si mesmos, em forma de propósito, uma lista de leituras para este ano, algo que sempre pode enriquecer o espírito. O "tempo foge" entre nossos dedos, ele não para e nem espera nosso lerdo raciocínio, por isso, não hesitemos em elaborar algo para nossa evolução cultural e moral neste novo ano que se inicia. Uma nova oportunidade de descobrirmos o que ainda não chegou até nossas mãos. Vamos em frente!

  • Surgem resultados

    Olá. Gostaria de compartilhar uma informação que recebi hoje mesmo, dia seguinte a publicação da edição de dezembro de O Leitor. Sempre ficou claro a ideia deste projeto de ser motivador e incentivador da leitura e produção literária, desde os primeiros anos de ensino fundamental. E saber que depois de várias edições já publicadas, surgem alguns resultados, a alegra e motivação por continuar só crescem. Fui informado que em uma escola de ensino fundamental, foi iniciado um projeto de jornalzinho interno que também contou com certa inspiração no informativo literário O Leitor. Tive acesso a um exemplar deste jornal escolar, enviado por uma professora desta escola, que contou isto que compartilho com vocês. Nada mais gratificante do que pequenos resultados, mesmo que silenciosos que em certa medida tocam o esforço e persistência desta equipe que sustenta o informativo literário. Não desistiremos de anunciar a importância fundamental da vida literária para o indivíduo, desde a juventude. Obrigado a todos os leitores e apoiadores deste projeto.

  • Doença incurável?

    Olá, caro leitor. Estamos alcanço mais uma pequena "vírgula" em nossa existência com a proximidade de 2023, e creio que muitos ainda elaboram revisões, planejamentos e talvez propósitos que geralmente tendem a atender uma deficiência identificada nestas mesmas revisões. Alguns ainda acreditam que o hábito de leitura ordinária em muitos seria uma espécie de doença incurável, algo que nunca se poderá sanar por não haver meios para tal. Creio ter que discordar, por enquanto houver uma mínima capacidade de buscar, de investigar, e enquanto houver ainda a possibilidade física de mover-se, todos podem criar, mesmo em graus diferentes, este hábito necessário de ler. Deste modo, não podemos adjetivar a quem quer que seja, a inexistência deste hábito como uma doença incurável, pois isso acusa-nos a nós mesmos por não sermos capazes de encontrar os verdadeiros motivos desta falta em determinado indivíduo. O que podemos afirmar com certeza, é que se existe uma doença, a leitura sua cura.

  • Um informativo de cunho literário

    Uma saudação a você, leitor desta postagem. O denominado informativo literário "O Leitor" nasceu de uma iniciativa individual, mas que já adquiriu colaboradores que enxergaram a virtude deste instrumento para a presença da cultura literária e do cultivo da língua portuguesa junto dos jovens deste nosso tempo. Tendo sua primeira edição em julho de 2021, precisou pausar suas edições em novembro do mesmo ano, retornando no mês de novembro deste ano corrente, isto é, 2022. Agora contamos com este local na web para a publicação deste informativo, que apesar de almejar que suas edições possam ser impressas e entregues a um maior público possível, por hora, conta-se somente com a edição online. Contribua com sua leitura e interação nestas edições.

bottom of page